Notícias
home Informações
 Começa em Porto de Galinhas o 6º Encontro Nacional de Magistrados do Trabalho Aposentados

 

Começou, na noite desta quarta (27/9), em Porto de Galinhas (PE), a sexta edição do Encontro Nacional de Magistrados do Trabalho Aposentados - ativos para uma aposentadoria plena. O evento, realizado pela Anamatra, reúne dezenas de juízes do Trabalho aposentados, além de diretores da Associação e das Amatras, e segue até esta sexta. Esta edição do Encontro conta com a parceria da Associação dos Magistrados do Trabalho da 6ª Região (Amatra 6/PE).

O vice-presidente da Amatra1 Ronaldo Callado compareceu ao evento junto com os associados Jorge Lopes, Anna Acker, Maria Wilma Gontijo e Eliete Telles.

Ao abrir o evento, o diretor de Aposentados da Anamatra, Rodnei Doreto, destacou a importância do Encontro como momento de troca de experiências. O dirigente destacou a presença de juíza Anna Acker e do juiz Adil Todeschini, da 4ª Região, que participaram ativamente do movimento associativo. “São exemplos de vitalidade e força que estão aqui entre nós”. 

O presidente da Amatra 6 (PE), Adelmy Acioli, também falou do movimento associativo, ressaltando a importância dos magistrados aposentados seguirem na atividade “como exemplo aos mais novos e buscando o reconhecimento de tudo que fizeram pelo fortalecimento da democracia”. O presidente também lembrou a história de lutas libertárias de Pernambuco.

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região foi representado no Encontro pela desembargadora Nise Pedroso, diretora da Escola Judicial do Tribunal. Ao saudar os participantes, a magistrada abordou o processo de transformação que a Justiça do Trabalho enfrenta. “Devemos construir essa mudança, fincados na realidade, mas sem perder a serenidade”, disse. 

Corpo uno - Em sua intervenção, o presidente da Anamatra, Guilherme Feliciano, defendeu a importância da união dos juízes em prol de todos, reconhecendo a Magistratura como um corpo único. “Os senhores, antes de serem aposentados, são, como nós, magistrados. E nós estamos aqui reunidos buscando justamente essa integração”, disse.  

“Se esses são tempos de fragmentação, de entropia, de maniqueísmos, façamos nós o trabalho de recompor. Constitucionalmente, a Magistratura é una, daí o atributo do predicamento da vitaliciedade. Se nós reconhecermos isso, ao menos na dimensão discursiva, isso já vai ser uma realidade. E esse Encontro é para que nos integremos e para que as lutas saiam daqui coordenadas e convergentes”, finalizou o presidente. 

Também compuseram a mesa da solenidade de abertura os diretores de Prerrogativas e Assuntos Jurídicos e de Assuntos Legislativos da Anamatra, respectivamente, Luiz Colussi e Paulo Boal. 

Cultura - No encerramento da solenidade, o Balé Cultural de Pernambuco fez uma apresentação com uma mostra de várias manifestações do Estado, como maracatu, frevo e canções do movimento mangue.

Clique aqui e confira o álbum de fotos do evento.

 

* Com informações da Anamatra 

 
Área Exclusiva
E-mail
Senha
Esqueceu a senha?
Busca
Amatra Informa
Revista no Mérito

MAPA DO SITE COMO CHEGAR
Amatra 1
Sobre
Histórico da Inst.
Diretoria Atual
Estatuto
Diretorias Anteriores
TJC
Informações
Notícias
Calendário
Galeria de Fotos
Publicações
Artigos Científicos
No Mérito
Amatra Informa
Fórum de discussões
Amatra na Mídia
Entrevistas
Arquivos de decisões
Amatra e você
Sugestões
Dicas Sociais
Convênios

Av. Presidente Wilson, 228
7º andar - Rio de Janeiro/RJ
TELEFONE: (21)2240-3488